COMPARTILHAR

Bomba atômica perdida ainda ameaça estado norte-americano

Componente de bomba que quase destruiu a Carolina do Norte está desaparecido há mais de 50 anos!

Em 1961, um acidente aéreo quase transformou o estado da Carolina do Norte, nos EUA, em cinzas. Um avião militar americano, que transportava duas bombas atômicas Mark 39 (261 vezes mais potentes que a lançada em Hiroshima), caiu em uma plantação de tabaco, nos arredores da cidade de Goldsboro.

Milagrosamente, uma das bombas foi interceptada por uma árvore, sem chegar a tocar a terra, e a outra sofreu uma falha em um dos quatro circuitos de detonação. No caso de uma explosão, sua repercussão teria chegado até Nova York.

O incidente foi mantido em sigilo absoluto até 2013, quando foram publicados seus arquivos.

Embora o acaso tenha impedido que ocorresse uma desgraça, as implicações do evento ainda representam certo perigo para a segurança dos EUA: um dos quatro componentes de uma das bombas caiu em um pântano e, até hoje, continua desaparecido.

A região em que está a peça, que contém plutônio, não está delimitada e se encontra, inclusive, próxima a campos de colheita.


Fonte: Playground Mag

Comentários

Posts Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui