COMPARTILHAR

[wonderplugin_audio id=”5″]


Olá Amigos do Bigode Nerd, hoje vamos falar um pouco sobre a Deep Web, este é o primeiro episódio de uma série de notícias sobre esta área da internet que intriga tantas pessoas ao redor do mundo. Mergulhe com a gente nessa parte da internet desconhecida pela maioria dos internautas.


Deep web

Também conhecida como Deepnet, se refere ao conteúdo da World Wide Web que não faz parte da Surface Web (Esta é a internet que utilizamos), a qual é indexada pelos mecanismos de busca padrão.
Não deve ser confundida com a Dark Internet, que está relacionada à porção da Internet que não pode ser acessada ou que se tornou inacessível por meios convencionais. Também não se confunde com a Darknet, que não é uma simples rede de compartilhamento de arquivos, mas uma rede subjacente ou em camadas, onde existem grandes esforços no sentido de se manterem anônimos os dados de seus utilizadores.
A busca na Internet atualmente pode ser comparada com o arrastar de uma rede na superfície do oceano: pode-se pescar um peixe grande, mas há uma grande quantidade de informação que está no fundo, e, portanto, faltando.deepweb640 A maior parte da informação da Web está enterrada profundamente em sites gerados dinamicamente, a qual não é encontrada pelos mecanismos de busca padrão.  A Deep Web possui um tamanho muito superior ao da Surface Web.


Acesso

A Deep Web requer somente a instalação do software necessário para a comunicação na rede própria ONION (que significa cebola em em inglês, devido a sua constituição em camadas).Nesse ambiente, todas as páginas terminam em “.onion” e não é possível abrí-las fora da Deep Web. Para isso, existe o software TOR (de The Onion Router), que cria o acesso a essa rede. Atualmente ele é distribuído com uma versão modificada do Firefox, para facilitar o uso por usuários iniciantes.tor


Tamanho

Estimativas baseadas em um estudo feito na Universidade da Califórnia em Berkeley em 2001 especularam que a Deep Web possui 7.500 terabytes de informação. Outras estimativas feitas em 2004, detectaram cerca de 300.000 sites da Deep Web e, de acordo com Shestakov, cerca de 14.000 destes eram da parte russa da Web em 2006. Em 2008 a Deep Web não ref­er­en­ci­ada pelos motores de busca representava 70 a 75% do total, ou seja, cerca de um trilhão de páginas não indexadas. É claro que estes dados são antigos e hoje em dia estima-se que já se ultrapassou a barreira dos Zettabytes.unidades-_medida_cisco


Classificação

O conteúdo da Deep Web pode ser classificado em uma ou mais das seguintes categorias:

  • Conteúdo dinâmico: páginas dinâmicas que são retornadas em resposta a uma requisição ou através de um formulário.
  • Conteúdo isolado: páginas que não possuem referências ou ligações vindas de outras páginas, o que impede o acesso ao seu conteúdo através de web crawlers. Diz-se que essas páginas não possuem backlinks.
  • Web privada: sites que exigem um registro e um login. (conteúdo protegido por senha)
  • Web contextual: páginas cujo conteúdo varia de acordo com o contexto de acesso (por exemplo, IP do cliente ou sequência de navegação anterior). Muitos sites estão escondidos e não há possibilidade de acesso, propositadamente.
  • Conteúdo de acesso limitado: sites que limitam o acesso às suas páginas de modo técnico (usando CAPTCHAs por exemplo).
  • Conteúdo de scripts: páginas que são acessíveis apenas por links gerados por JavaScript, assim como o conteúdo baixado dinamicamente através de aplicações em Flash ou Ajax.
  • Conteúdo não-HTML/texto: conteúdo textual codificado em arquivos multimídia (imagem ou vídeo) ou formatos de arquivo específicos que não são manipulados pelos motores de busca.
  • Conteúdo que utiliza o protocolo Gopher ou hospedado em servidores FTP, por exemplo, não é indexado pela maioria dos mecanismos de busca. O Google, por exemplo, não indexa páginas fora dos protocolos HTTP ou HTTPS.

Curiosidades

O Wikileaks começou na Deep Web, logo depois seu conteúdo foi disponibilizado na Surface Web.

A Deep Web conta com uma moeda chamada Bitcoin. A moeda virtual que permite aos usuários conduzir transações no anonimato é extensamente utilizada na “internet invisível” para o comércio de produtos e serviços dos mais variados tipos.

Porém, infelizmente, o seu uso está constantemente relacionado ao comércio de drogas ilegais na Deep Web, além de uma série de outras atividades nem um pouco bacanas. 12135908824583


Divisões

Como se trata de um lugar gigantesco, a Deep Web geralmente é visualizada como um local com divisões imaginárias. Quanto mais fundo um usuário estiver, mais difícil é para chegar até ali, e mais extremo é o conteúdo encontrado.

Surface web: um lado mais “escuro” da web, onde ficam sites incomuns, mas que ainda sim pode ser acessado facilmente;

Berigie web: último level de classe “baixa”, aqui encontram-se sites de grupos fechados e que utilizam proxy, Tor ou alguma ferramenta para permitir o acesso;

Charter web: a famosa Deep Web, onde se utiliza o Tor para ter acesso, divide-se em duas partes: a primeira são os sites comuns como Hidden Wiki e HackBB, a segunda engloba os sites restritos e de grupos fechados;

Marianas web: o divisor de águas entra a Deep webfalsa” e a legítima web oculta, aqui se encontram pessoas com um conhecimento mais avançado em computação, verdadeiros hackers, crackers e bankers, a partir desse ponto a coisa fica mais tensa. Há algumas teorias que dizem que ela se divide em mais três levels, que seriam:

  • Level 1: vídeos e documentos governamentais, sendo uma rede fortemente criptografada e segura;
  • Level 2: aqui se encontram pessoas que disputam o controle sobre o nível 8. Bilhões de dólares são negociados e tratados.
  • Level 3: basicamente onde há o controle tecnológico global, há documentos relacionados com computação quântica. Uma grande elite hacker, que obviamente não são nem comentados nas mídias andam por aqui, o foco é poder e dinheiro, neste level encontra-se o que quer e o que não quer.

E ai amigos gostaram? Nesse post abordamos somente uma pequena parte do que é a Deep Web, Iremos postando mais e mais durante a série de notícias sobre ela.
Se gostou, deixe o seu Like, Comente e compartilhe em suas redes sociais.
Um forte Abraço e até a Próxima!

Fontes:Wikipédia & Tecmundo.

Comentários

Posts Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui