COMPARTILHAR

O que aconteceu com os cadáveres perdidos dos mortos do Titanic?

Dentre as mais de 1.500 pessoas que perderam a vida na tragédia, apenas 333 foram encontradas.

O Titanic afundou nas águas geladas do Atlântico Norte na madrugada de 15 de abril de 1912, deixando um saldo trágico de mais de 1.500 mortos.

Uma semana após o naufrágio, o navio Mackay-Bennett chegou ao cenário do desastre com o objetivo de recuperar os restos dos falecidos. Mas só foram encontrados 333 corpos na área, e metade deles foi atirada novamente no mar (envoltos em uma lona com pesos de ferro), já que seu estado de decomposição avançado os havia deixado irreconhecíveis. O restante dos cadáveres foi enterrado na província de Nova Escócia, no Canadá.

Estima-se que, dos quase 1.200 corpos perdidos, muitos ficaram flutuando na superfície e se desintegraram rapidamente em consequência do clima e da fauna. Outros teriam caído até o fundo do mar, onde as correntes e os animais carniceiros teriam acelerado o processo de decomposição.

Em 1985, os restos do navio colossal foram descobertos a uma profundidade de quase 4 km da superfície marítima. Os que desceram até os destroços afirmam que, entre os escombros, não havia nenhum cadáver humano.


Fonte: Cult of Weird

Comentários

Posts Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui